Página inicial

 Página inicial

 Álbum de Fotos

 Agapornis

 Calopsitas

 Papagaios

 Cuidados gerais

 Cortando asas e unhas

 Devo ter um pássaro?

 Direitos dos animais

 Plantas para pássaros

 Ecologia

 Mapa do site

 Histórias reais

 Aves no Antigo Egito

 Aves e a arte

 Aves de São Paulo

 Nossos mascotes

 Campanhas/Banners

 Links

 Nossos Artigos

 Matérias

 Ser Vegetariano

 Proteção Animal

 Escreva-nos!

Criando Papagaios, Calopsitas e Agapornis.
   

Cuidados específicos

Brinquedos:

Papagaios são muito inteligentes, então, eles precisam de companhia (pois vivem em bandos na natureza) e brinquedos pois são muito ativos, e quando não tem nada para fazer podem desenvolver um comportamento neurótico, como arrancar suas próprias penas ou de seu companheiro (se tiver um). Ou até mesmo gritar sem parar para chamar sua atenção.

Então, brinquedos são fundamentais para que eles se distraiam e sejam mais sadios. Além de distrair, eles precisam roer algo para desgastar o bico. Em bons pet-shops você já pode achar brinquedos próprios para papagaios. Mas, se você não quiser comprar, pode fazer algo com pedaços de corda, madeira natural sem resinas ou verniz. Eu pessoalmente recomendo comprar um pronto, pois além de serem muito bonitos, você não corre o risco de usar uma madeira que possa dar problema. E muito cuidado com pequenos objetos que ele possa engolir pois isto pode causar a morte se não detectado em tempo.

Areia, banhos e galhos de "Chorão"

Conversando um dia com o criador de Psitacídeos, Sr. Nelson Kawal, ele me deu algumas dicas que utilizo até hoje tanto para papagaios como para Agapornis e Calopsitas. Ele me recomendou que deixasse na gaiola (sempre) um pouco de areia de construção limpa, pois as aves na natureza vão ao chão ou em barrancos para comer um pouco de areia ou argila pois eles precisam dela para a digestão, então nunca se esqueça de deixar sempre um potinho com areia na gaiola de seu Psitacídeo.

Nos dias de calor, não esqueça de colocar uma banheira para seu pássaro! Eles adoram e precisam tomar banho sempre, mas, não é você que decide quando ele vai tomar banho, é ele mesmo! mesmo que ele tenha se sujado, não use nenhum produto, pois na natureza não existe sabonete! Use um borrifador (daqueles utilizados para plantas) comprado especialmente para ele, não misture nenhum produto com a água, nem reutilize um borrifador que continha algum produto antes, NUNCA! Por mais que você lave sempre restará algum resíduo.

Outra dica interessante é oferecer galhos de Chorão, aquela arvore de galhos caídos. Tire as folhas e ofereça os talinhos flexíveis, eles vão adorar! Inclusive Agapornis e Calopsitas! Não é tóxico e não faz mal! Eles adoram mastigar e até mesmo brincar com os galhinhos. Como é amargo, faz bem até para a digestão.

Horas de sono e "febre do verão"

Se papagaios assim como TODAS as aves precisam dormir de 10 a 12 horas por dia, se ele ficar em local movimentado, providencie uma capa bem escura para a gaiola ou ele vai ficar agitado sempre que alguém entrar no cômodo que ele está. Pense se fosse você querendo dormir e alguém entrasse no quarto o tempo todo acendendo a luz e fazendo barulho! Na floresta assim que escurece eles param e só acordam quando clarear. 

A melhor maneira de cuidar de um pássaro é se basear no que ele faria se estivesse solto na natureza!

No verão, de novembro à março (no Brasil) os pássaros adultos entram na fase de reprodução. Fato que pode causar grande problema em sua vida, pois eles se tornam mais agressivos e gritões. Se pássaro vai pensar que é o líder do bando e vai tentar manter sua liderança bicando e gritando, o que você pode fazer? Entender! Eles não estão fazendo nada que não seja natural nesta época do ano. 

Se o caso chegar a extremos, coloque a gaiola um pouco abaixo da altura de sua cabeça, tente não soltá-lo quando houver estranhos na casa ou ele pode encarar o fato como invasão de território. Se ele gritar muito, apenas saia do local sem gritar para ele ficar quieto. Alguns pássaros vão tentar se esfregar em sua mão, não se assuste, é normal, ele está pensando que você é seu parceiro e está tentando acasalar. Alguns papagaios começam a arrancar as penas nesta época do ano e podem nunca mais parar. Então, acima de tudo, entenda a mudança de comportamento de seu papagaio e trate-o com muito carinho. Lembre-se que certamente ele preferiria estar solto na natureza!

[ subir ]

[ voltar ]


BIRDMANIA 1999-2008 - birdmania@uol.com.br