Página inicial

 Página inicial

 Álbum de Fotos

 Agapornis

 Calopsitas

 Papagaios

 Cuidados gerais

 Cortando asas e unhas

 Devo ter um pássaro?

 Direitos dos animais

 Plantas para pássaros

 Ecologia

 Mapa do site

 Histórias reais

 Aves no Antigo Egito

 Aves e a arte

 Aves de São Paulo

 Nossos mascotes

 Campanhas/Banners

 Links

 Nossos Artigos

 Matérias

 Ser Vegetariano

 Proteção Animal

 Escreva-nos!

Criando Papagaios, Calopsitas e Agapornis.
                                    


 

Comunicação

Um dos mais importantes aspectos na criação e manutenção de um relacionamento bem sucedido é a habilidade de entender a linguagem de seu pássaro vocalizar e sua  linguagem corporal. Apenas observando seu pássaro você vai saber quando ele está alegre, bravo, doente, etc. A habilidade de perceber o que ele está “dizendo” é vital para que seu pássaro seja sempre saudável e feliz. Somente observação traz o sucesso na criação de nossos amiguinhos. E somente assim você vai você vai conseguir dar todo o cuidado que ele precisa.

 

Observe seu pássaro sempre!

Retrair e dilatar as pupilas - Podem ser um sinal de agressão, excitação, nervosismo, ou grande alegria. Preste bastante atenção aos outros gestos que acompanham a oscilação das pupilas. Se o pássaro exibe o rabo aberto juntamente com as pupilas dilatadas, ele está dizendo: “Afaste-se! Você vai tomar uma bicada!” Se ele estiver comendo e ficar com as pupilas oscilando, ele está dizendo: “Que delícia de comida!”. Se uma pessoa chegou no ambiente e as pupilas estão dilatadas e as asas abertas ele está dizendo: “Que bom que você chegou!”.

Latir - Mesmo numa casas sem cães, alguns papagaios latem, pois eles ouvem cães latindo em outras casas. E o significado deste latido é uma euforia, ou uma maneira de acompanhar um bate-papo que estiver ocorrendo em sua frente. O que significa é que ele está afirmando sua dominância sobre outras pessoas ou outras aves.

Rosnar - Um indicador de agressão, este comportamento às vezes é acompanhado por pupilas dilatadas penas das costas e do pescoço eriçadas. Isto geralmente significa que o pássaro não quer a aproximação. Nestes casos, o melhor a fazer é esperar o pássaro acalmar antes de tentar um novo contato.

Ronronar - muito similar ao som de rosnado , mas geralmente não acompanhado das pupilas dilatadas. O corpo do pássaro está geralmente relaxado e as penas arrepiadas. Este comportamento indica alegria.

Clicar com a língua - Cliques rápidos com a língua contra o bico, geralmente significa “Eu quero ser amigo, eu não vou te machucar”. Este comportamento de convite é mais comum em calopsitas e cacatuas.

Clicar com o bico - É uma atitude dura, um som consistente e forte é utilizado quando um pássaro se sente ameaçado ou está protegendo um objeto específico ou seu território. Freqüentemente é acompanhado por um "esticamento" de pescoço (para parecer maior), e às vezes, eles erguem os pés em sinal de defesa de seu território e está tentando assustar o “intruso”. Se você tentar a aproximação nesta hora, vai certamente resultar numa forte bicada.

Ranger o bico - É similar ao som de uma criança rangendo os dentes à noite, o pássaro raspa a mandíbula inferior na superior. É geralmente um sinal de que seu pássaro está se sentindo seguro e calmo. È mais ouvido com freqüência quando eles estão se preparando para dormir à noite, um pouco antes de dormir e algumas vezes durante o sono. 

Limpar o bico - Outro pássaro, é uma tentativa de dizer ao outro que ele está invadindo seu território. Quando feito com o pássaro sozinho, indica duas possibilidades: Uma delas é que ele está tentando limpar seu bico, ou é um sinal de agressão, o pássaro está nervoso. Um sinal de agressão gratuita significa que o pássaro não está satisfeito e ele está demonstrando sua raiva contra um objeto ou alguém. Isto ocorre geralmente com papagaios que gostam mais de um dos donos e detesta ver os dois juntos. Ele não vai perder a chance de bicar aquele que ele gosta menos.  

Bicar - Ente pássaros jovens há sempre a “etapa das bicadas” onde pássaros jovens vão bicar quase tudo que encontrarem pela frente. O bico de um pássaro contém terminações nervosas e é utilizado para experimentar sensações de textura, gosto, resistência dos objetos, etc. Alguns pássaros bicam tudo, até mesmo seus próprios poleiros, outros param assim que se tornam maduros. Bicar dedos humanos pode ser agradável para eles, e se não for corrigido em tempo, talvez ele nunca pare. Para desencorajá-lo você deve dar brinquedos apropriados e não tóxicos.

Em pássaros mais velhos a bicada significa que ele está insatisfeito. Ele pode estar se sentindo ameaçado, assustado, ou entediado.

Pássaros bicam durante o acasalamento para proteger seus ninhos ou quando seu dono faz algo que ele não gosta. Eles ainda podem bicar seus parceiros ou seu dono querido na tentativa de protege-lo. O instinto de um pássaro é escapar quando há algum problema, e na tentativa de encorajar seu parceiro (você), ele pode bicar para encorajar a fuga do perigo.

Bicar também pode ser causada para agredir, quando ele quer algo que não pode alcançar ele pode lhe bicar o que estiver mais próximo, ou seja, sua mão.

Quando você der o dedo para que ele suba, ele, por instinto, vai testar o novo poleiro, e sua maneira de testar é bicando, pois na natureza ele vai testar o galho antes de subir!

Assoviar, Cantar e Falar - Estas atividades são geralmente vistas quando o pássaro está se sentindo especialmente feliz, seguro ou tranqüilo em seu ambiente. Existem horas específicas para que isso aconteça, geralmente, mas primeiras horas da manhã e no final da tarde, meu papagaio fala especialmente mais no final da tarde. Estes períodos do dia são quando eles se sentem especialmente mais alegres.

Espirrar - Pássaros espirram pelas mesmas razões que nós. Poeira, fumaça, irritação nasal, pequenos mosquitinhos, ou até mesmo partículas de penas na cavidade nasal. Espirrar eventualmente é normal, mas, com freqüência, pode indicar algum problema, então corra a um veterinário, especialmente se houver secreção nasal.

Regurgitar - Quando ele faz isso próximo a um ser humano significa que ele o escolheu como seu parceiro, ele quer alimentá-lo! Esta ação pode também ser praticada com seu brinquedo favorito ou algum objeto. Casais mostram seu afeto um ao outro pelo ato de se alimentarem mutuamente, é um ato de cumplicidade regurgitarem um para o outro, e já um treinamento para alimentar os futuros filhotes. O comportamento consiste em chacoalhar vigorosamente a cabeça com o bico direcionado ao bico do parceiro e uma “papinha” viscosa escorre até o bico do parceiro ou do filhote.

Falar alto ou conversar sozinho- Altos gritos ou chamar pelas pessoas da casa ao final da tarde são normais. É o comportamento que eles teriam na floresta para avisar o bando onde ele está; ou possivelmente re-estabelecer contato com seu grupo.Falar baixinho significa que ele está se distraindo e é um sinal que ele está se sentindo seguro e feliz. Falar baixinho também significa que ele está reproduzindo frases que ele ouviu e que você pode reconhecer se ficar bem próximo para ouvir.

Girar o pescoço - Ele pode simplesmente estar tentando ver o que está acontecendo ao seu redor, como também pode estar impaciente e aborrecido, depende dos outros sinais, se estiver subindo e descendo os poleiros, virando de um lado para o outro, ele está impaciente, mas se estiver apenas virando o pescoço sem sinais de ansiedade, ele está apenas curioso ou algum inseto passou voando por ele e o deixou curioso.

"Cabeça de cobra" - Significa excitação ou um pedido de atenção. Eles farão a “cabeça de cobra” até chama sua atenção. Pode ser uma boa distração para o papagaio e seu dono, um jogo de atenções.

"Guerra de bicos" - Feito geralmente em casais parece uma briga, mas não é, é apenas uma brincadeira, e nunca acaba em problema ou ferimento ao contrário, geralmente acaba em carinho no pescoço.

Abaixar a cabeça - Um pássaro que abaixa sua cabeça abaixo do poleiro, postura esticada, penas ligeiramente eriçadas nas costas, fechando suas asas bem junto ao corpo, abrindo e fechando as asas repentinamente fazendo um barulho, é típico de um pássaro que quer atenção. Se ele estiver solto e não tiver a atenção que ele quer, ele irá voar para mostrar que ele está chateado.

Mas, se ele estiver com a cabeça baixa em sua direção sem fazer movimentos com as asas, ele apenas quer que você faça um carinho nele. A diferença é a posição relaxada, sem movimento de asas.

Ficar de bico aberto - Significa que ele está com muito calor e com sede. Desconfortável ou exausto. Pássaros que não estão habituados a voar por falta de penas, cansam facilmente. Se seu pássaro não tiver voado e estiver de bico aberto, verifique se não está batendo sol direto nele e também verifique se ele tem água fresca suficiente.

"Tratamento de beleza" - Limpar as penas é uma atividade de um pássaro saudável. Para que suas penas tenham uma condição saudável e bonita. Alguns pássaros tem glândulas de óleo na base do seu rabo e utilizarão este óleo para tratar das penas. Este óleo protege as penas e evita que fiquem encharcadas.Limpar as penas também é um ato social. Um pássaro trata as penas do outro com forma de carinho e para remover penas que eles próprios não conseguem remover. Alguns pássaros tentam “tratar” os cabelos de seus donos.

Este tratamento de penas não pode nunca ser confundido com arrancar penas! Arrancar as penas é um comportamento neurótico e demonstra problemas. O pássaro arranca as penas da base, e assim que elas começam a nascer de novo, ele as arranca novamente. Após um certo momento, as penas deixarão de crescer e ele ficará horrível além de demonstrar um comportamento neurótico.

Asas pendentes - É um comportamento normal em filhotes que ainda não aprenderam a recolher as asas, ou após o banho. Se seu pássaro estiver assim e não for filhote ou não tiver tomado banho, provavelmente ele está com muito calor ou se sentindo fraco,s e ele se sentar no piso da gaiola é um sinal grave de problema. Procure um Veterinário urgente!

Bater as asas fechadas- Se forem batidas duras, ele provavelmente está bravo ou perturbado com alguma coisa.Outra causa da batida vigorosa de asas é para alinhar as penas, para ajudar, você pode com ele em seu dedo, abaixar a mão subitamente assim vai ajudar a alinhar as penas. Se ele voar, tanto melhor, vai alinhar ainda mais.

Corpo e asas tremendo -  Normalmente significa medo, nervosismo ou desconfiança. Pássaros assim devem ser tratados com carinho, uma voz bem suave para que se acalme.Se ele tremer o corpo todo é sinal de frio, seu corpo está tentando ajustar a temperatura do ambiente. Coloque-o em um local mais aquecido e observe.

Bater as asas abertas - É um ótimo exercício. É observada em pássaros que passam muito tempo na gaiola ou de manhã logo que acordam. Em algumas espécies bater asas assim significa posição de ataque.

Comportamento de exibição - Este comportamento é fácil de identificar, eles arrepiam as penas, abrem as asas, chacoalham a cabeça e sua pupila se dilata. Em cacatuas elas eriçam a crista.  Este comportamento é em geral para atrair o parceiro ou mostrar territorialidade. 

Marchar de cabeça baixa - Em direção a uma pessoa ou outro pássaro significa que ele está demonstrando um comportamento agressivo para assustar o intruso.

Marchar de cabeça em pé - Em direção de uma pessoa ou outro pássaro demonstra prazer ao ser humano ou ao outro pássaro, significa um convite para brincar, receber carinho ou agradinhos.

Repousar em um só pé - Significa que o pássaro está confortável e seguro em seu ambiente. Um pássaro seguro dormirá em um pé só, o pé recolhido ficará junto ao seu abdome e entre as penas.

Posição de "armar o bote'' - Um pássaro em posição de ataque é cabeça para baixo apontada para frente, rabo aberto, penas arrepiadas e pupilas dilatadas. Esta é a atitude de um pássaro pronto para atacar! Não se  aproxime dele enquanto ele estiver assim! Espere que ele se acalme.

Posição de ataque - O pássaro que se sente extremamente ameaçado, mas não pode voar ou escapar de alguma maneira vai ficar girando com garras abertas e bico aberto, pronto para bicar quem se aproximar. É um comportamento típico dos papagaios Amazonas.

Rabo que acompanha a respiração - Geralmente significa um problema de saúde se ele balançar conforme ele respira, mas, pode ser também um acompanhamento quando ele canta, ou fala. 

Abrir e fechar o rabo - Este comportamento caracteriza agressividade. e denota grande desprazer, ele está bravo ou triste. É um comportamento que indica que uma bicada está próxima. 

Abanar o rabo - É um sinal de alegria e satisfação e é expresso quando ele vê seu humano favorito ou durante sua atividade favorita. 

Espreguiçar - Como os humanos, espreguiçar alivia a tensão, melhora a circulação e exercita a musculatura. É fundamental para pássaros que ficam longos períodos na gaiola. Eles precisam esticar as asas e aliviar os pés. Nunca interrompa esta atividade.

 

[ subir ]

[ voltar ]


BIRDMANIA 1999-2008 - birdmania@uol.com.br