Página inicial

 Página inicial

 Álbum de Fotos

 Agapornis

 Calopsitas

 Papagaios

 Cuidados gerais

 Cortando asas e unhas

 Devo ter um pássaro?

 Direitos dos animais

 Plantas para pássaros

 Ecologia

 Mapa do site

 Histórias reais

 Aves no Antigo Egito

 Aves e a arte

 Aves de São Paulo

 Nossos mascotes

 Campanhas/Banners

 Links

 Nossos Artigos

 Matérias

 Ser Vegetariano

 Proteção Animal

 Escreva-nos!

Criando Papagaios, Calopsitas e Agapornis.

 

Ecologia

Oração pela proteção de nossas matas

Senhor, protegei nossas belas florestas.

Nossas árvores e todos os animais que lá habitam.

Protegei as flores e as plantas que um dia irão curar a humanidade.

Protegei os insetos e toda a cadeia alimentar que lá existe sem que nenhum elo se quebre.

Senhor, faça com que os homens acordem e parem com esta destruição.

Faça-os ver que sem as matas não haverá amanhã.

A água, o ar e o alimento vão acabar num futuro muito breve se nada for feito.

Proteja os pássaros juntamente com todo e qualquer animal silvestre.

Pois todos são parte de um delicado equilíbrio que pode se romper.

Não nos deixe perder toda esta beleza.Toda esta grandiosidade que o Senhor nos ofertou.

Proteja as árvores que abrigam serenas os ninhos de onde nasce a vida.

As árvores que são o dormitório de pequenos símios e inúmeros insetos.

As árvores que nos oferecem frutos e uma prodigiosa sombra.

Protegei e iluminai os homens que devem delas cuidar.

Não deixe que o dinheiro fale mais alto que o futuro de nossas matas.

Faça-os lembrar de seus filhos que não terão ar puro para respirar.

Faça-os pensar que sem a floresta não somos nada, não teremos um amanhã.

Faça-os refletir sobre os remédios que nunca serão descobertos pelas plantas que foram destruídas.

E que um dia, na sua aposentadoria eles não precisem se arrepender de todo o mal que um dia fizeram contra eles mesmos e aos seus sucessores.

De tantas árvores, plantas, aves e animais que sumiram do planeta por suas mãos.

E que nós todos tenhamos forças para proteger o que ainda resta da nossa mata.

Que as entidades ecológicas não se dobrem diante do poder ilusório do dinheiro.

Que os homens públicos honrem seus deveres ecológicos.

Que os homens de moto-serra nas mãos se arrependam em tempo.

Que os caçadores e traficantes de animais parem com a desumanidade.

Faça-nos viver para ver este dia, o dia em que as  serras vão silenciar.

O dia em que os caçadores vão abaixar suas arma e jogar suas armadilhas fora.

Para que nossos filhos possam caminhar por entre as árvores.

Sentindo o ar puro,  o frescor de uma sombra frondosa.

Ouvindo o doce canto dos pássaros Brasileiros, o som melodioso de um Uirapuru.

Vendo os pequenos micos  alegres de galho em galho.

Os simpáticos e barulhentos papagaios, as belas e coloridas saíras nos galhos.

Que eles possam saborear um suculento fruto tropical, que eles saibam qual é o gosto de um verdadeiro palmito.

Que eles possam ver bromélias coloridas e orquídeas majestosas.

Senhor, deixe que as futuras gerações tenham o doce prazer de viver tudo isto.

Não permita que tudo se acabe, faça com que o futuro deles seja verde.

Verde floresta, verde mata atlântica, verde floresta tropical,

Verde que um dia inspirou nossa bandeira, para que não tenhamos que fazê-la marrom.

Marrom de solo devastado, marrom de terra infértil e vazia...

  

A hora de reverter o processo de destruição é agora, ou será tarde demais...

 


[ ]


[ voltar ]

             



BIRDMANIA 1999-2008 - birdmania@uol.com.br