Página inicial

 Página inicial

 Álbum de Fotos

 Agapornis

 Calopsitas

 Papagaios

 Cuidados gerais

 Cortando asas e unhas

 Devo ter um pássaro?

 Direitos dos animais

 Plantas para pássaros

 Ecologia

 Mapa do site

 Histórias reais

 Aves no Antigo Egito

 Aves e a arte

 Aves de São Paulo

 Nossos mascotes

 Campanhas/Banners

 Links

 Nossos Artigos

 Matérias

 Ser Vegetariano

 Proteção Animal

 Escreva-nos!

Criando Papagaios, Calopsitas e Agapornis.
                                                       



Declaração Universal dos Direitos dos Animais - Unesco

e   Declaração de Respeito os Animais

Artigo 1°
Todos os animais nascem iguais perante a vida e têm os mesmos direitos à existência.

Artigo 2°
1. Todo o animal tem direito a ser respeitado.
2. O homem, como espécie animal, não pode exterminar os outros animais ou explorá-los violando esse direito; tem o dever de pôr os seus conhecimentos ao serviço dos animais.
3. Todo o animal tem o direito à atenção, aos cuidados e à proteção do homem.

Artigo 3°
1. Nenhum animal será submetido a maus tratos nem a atos cruéis.
2. Se for necessário sacrificar um animal, ele deve ser morto instantaneamente, sem dor e de modo a não provocar-lhe angústia.

Artigo 4°
1. Todo o animal pertencente a uma espécie selvagem tem o direito de viver livre no seu próprio ambiente natural, terrestre, aéreo ou aquático e tem o direito de se reproduzir.
2. Toda a privação de liberdade, mesmo que tenha fins educativos, é contrária a este direito.

Artigo 5°
1. Todo o animal pertencente a uma espécie que viva tradicionalmente no meio ambiente do homem tem o direito de viver e crescer ao ritmo e nas condições de vida e de liberdade que são próprias da sua espécie.
2. Toda a modificação deste ritmo ou destas condições que forem impostas pelo homem com fins mercantis é contrária a este direito.

Artigo 6°
1. Todo animal que o homem escolheu para seu companheiro tem direito a uma duração de vida conforme a sua longevidade natural.
2. O abandono de um animal é um ato cruel e degradante.

Artigo 7°
Todo o animal de trabalho tem direito a uma limitação razoável de duração e de intensidade de trabalho, a uma alimentação saudável e ao repouso reparador.

Artigo 8°
1. A experimentação animal que implique sofrimento físico ou psicológico é incompatível com os direitos do animal, quer se trate de uma experiência médica, científica, comercial, ou qualquer que seja a forma de experimentação.
2. As técnicas de substituição devem ser utilizadas e desenvolvidas.

Artigo 9°
Quando o animal é criado para alimentação, ele deve ser alimentado, alojado, transportado e morto sem que disso resulte para ele nem ansiedade, nem dor.

Artigo 10°
1. Nenhum animal deve ser explorado para divertimento do homem.
2. As exibições de animais e os espetáculos que utilizem animais são incompatíveis com a dignidade do animal.

Artigo 11°
Todo ato que implique a morte de um animal sem necessidade é um biocídio, isto é, um crime contra a vida.

Artigo 12°
1. Todo ato que implique a morte de um número de animais selvagens é um genocídio, isto é, um crime contra a espécie.
2. A poluição e a destruição do Ambiente Natural, conduzem ao genocídio.

Artigo 13°
1. O animal morto deve ser tratado com respeito.
2. As cenas de violência que os animais são vítimas, devem ser interditadas no cinema e na televisão, salvo se elas tiverem por fim demonstrar um atentado aos direitos do animal.

Artigo 14°
1. Os organismos de proteção e salvaguarda devem estar representados a nível Governamental.
2. Os direitos do animal devem ser defendidos pela lei como os direitos do homem.


Declaração Universal dos Direitos do Animal UNESCO
15 de outubro de 1978





Declaração de Respeito aos Animais


1.
Muitos consumidores de produtos em geral, de sabonetes a cosméticos e produtos de limpeza, desconhecem que muitos animais têm sido cruelmente e intencionalmente envenenados ou cegos. Mas, existem também muitos produtos no mercado, que não são testados em animais. Você pode dar o exemplo, comprando produtos que não fazem estes testes com animais, e sim com voluntários humanos. Alguns produtos têm esta informação na embalagem, da próxima vez que for comprar algo, verifique se esta informação existe na embalagem, ou se nenhum óleo animal foi utilizado para a produção do cosmético.

2.
O sofrimento animal que pode ocorrer em fábricas ou matadouros é além de nossa imaginação. E se isso não fosse o suficiente, a agricultura descontrolada acaba com o meio ambiente causando extinção de espécies e chuva ácida causando grande danos ao ambiente e poluição descontrolada. Se você não está pronto para ser um vegetariano, você pode ajudar a reduzir o sofrimento animal e os danos ambientais tentando começar a “terça-feira” sem animais, ou seja, ao menos uma vez na semana não coma nenhum animal, coma apenas massas, legumes vegetais e frutas, não é difícil e é muito saudável! Quando você estiver começando a ficar pronto, compre livros ou revistas com receitas vegetarianas e devagarzinho comece a introduzir outro dia sem animais em sua dieta. É fácil e saudável, os vegetarianos não radicais comem ovos e tomam leite. Tente! É uma boa opção para sua saúde e para acabar com o sofrimento dos animais nos abatedouros.

3.
Couro, peles, marfim, travesseiros de penas de ganso, perfumes à base de almíscar (Musk), são resultado de um tratamento desumano aos animais. Todos estes produtos podem ser facilmente substituídos por outros produtos. Couro e pele natural por produtos sintéticos, marfim por plástico ou resina, penas de ganso por espuma ou látex e almíscar por fragrâncias de laboratório. Como você vê, nada necessita do sacrifício dos animais! Algumas revistas e sites na internet podem ajudar na escolha de produtos alternativos. Se você usar os alternativos, vai até economizar! Pois os produtos eticamente corretos são mais baratos.

4.
A cada ano milhões de cães são levados para abrigos e em poucos dias sacrificados. Se você quer um bichinho de estimação, tente não compra-lo em pet-shops, porque não adotar um cãozinho abandonado? Eles podem não ser tão lindos, mas serão certamente os melhores e mais saudáveis companheiros de estimação que você poderia adquirir, além de econômico. Eu mesma adotei uma cachorrinha que parou em minha porta, e, ela foi a mais educada e adorável companhia que eu jamais tive! Parecia que ela era grata pelo que fiz, e Omo retribuição, ela era absolutamente obediente e dócil. Seu nome era Meg e ela morreu de causas naturais após sete anos comigo. Outra coisa a se considerar é que alguns criadouros inescrupulosos colocam suas matrizes para reproduzir a cada cio sem respeitar um prazo de descanso, o que é altamente cruel e muitas vezes produzem filhotes com pouca saúde e defeitos congênitos graves.

5.
Você pode se informar sobre produtos e empresas que respeitam os animais na Internet nos sites de ONG’s como a Renctas, WWF, Greenpeace e outras entidades ecológicas.

6.
Jornais e TVs freqüentemente expõem matérias que mesmo sem querer encorajam o abuso animal como Rodeios, Circos e no exterior, caçadas. Se você ler ou assistir uma matéria sobre algo assim, escreva para o órgão que deu a nota e defenda o direito dos animais! Se todos se manifestarem contra, em breve, não teremos mais este tipo de matéria e evento. Mas, seja sempre educado e informado, não se pode ganhar uma guerra com pouca informação.

7.
Muitas organizações não governamentais precisam de voluntários para prosseguir em sua luta para a conscientização e luta contra a crueldade animal. Considere a idéia de ser um voluntário! Poucas horas podem significar muito para os animais. Procure em sua comunidade ou em algum website, você vai se sentir útil e mais feliz. Se não conseguir encontrar nenhuma organização, considere a idéia de começar a sua própria organização em seu bairro.

8.
Muitas pessoas não tem idéia de como as belas peles e o marfim são conseguidos, ou o que acontece com os animais usados em testes de laboratório. Você pode ajudar, simplesmente falando com seus amigos, ou colocando um cartaz explicativo em uma igreja, um clube, um grupo de terceira idade, em qualquer lugar de movimento. Não se esqueça de pedir autorização primeiro!

9.
Muitas universidades se utilizam de animais para pesquisas e dissecação, sem aguardar a morte do animal. Isto causa dor e sofrimento ao animal, o que não é correto, se existe a real necessidade da utilização do animal, ao menos que haja respeito e que se dê uma anestesia no animal. Não há a menor necessidade de causar sofrimento ao animal já que com seres humanos, eles aguardam a morte nunca utilizam-se de pessoas vivas. Você pode se utilizar de métodos simples como escrever cartas para a própria Universidade ou para jornais, desde que você tenha certeza que tal fato realmente está ocorrendo em determinado lugar.

10.
Você pode também escrever para políticos locais se você souber de alguma empresa que age usando animais para testes. Em especial para os supostos partidos ecológicos que existem no Brasil. Escreva sempre para que eles pensem melhor antes de aprovar alguma lei que permita devastação das florestas e abuso animal. Diga que nas próximas eleições você fará campanha contra os candidatos se eles votarem contra seus próprios ideais.

11.
Evite entretenimento com animais, eles não vieram ao mundo para nos divertir! Eles tem o seu papel na cadeia ecológica e não estão aqui para ser uma atração aos seres humanos. Circos, Rodeios e Corridas de Cavalos são muitas vezes desumanos onde os animais ficam 90% do tempo em cubículos e como já vimos no Brasil, em alguns circos eles até passam fome. Evidente que alguns shows como o Beto Carrero são muito mais cuidadosos e promovem até a procriação de algumas espécies. Você pode ajudar denunciando caso veja algum caso de maus tratos ou simplesmente boicotando este tipo de entretenimento não indo e convencendo seus amigos e parentes a não ir também.

12.
Ajude sempre os movimentos em favor dos animais as passeatas para proteção ao meio-ambiente. Grandes movimentos atraem a imprensa e por conseguinte todos poderão ajudar. Se puder ajudar as ONG’s comprando adesivos e camisetas, ótimo! Especialmente as mais conceituadas ou as que você conhece pessoalmente. Sempre que puder defenda os animais, eles só tem a nós para protege-los! Defenda a proteção do meio-ambiente pois sem ele, não haverá futuro para nenhuma espécie animal.

[ subir ]

[ voltar ]


BIRDMANIA 1999-2008 - birdmania@uol.com.br