Página inicial

 Página inicial

 Álbum de Fotos

 Agapornis

 Calopsitas

 Papagaios

 Cuidados gerais

 Cortando asas e unhas

 Devo ter um pássaro?

 Direitos dos animais

 Plantas para pássaros

 Ecologia

 Mapa do site

 Histórias reais

 Aves no Antigo Egito

 Aves e a arte

 Aves de São Paulo

 Nossos mascotes

 Campanhas/Banners

 Links

 Nossos Artigos

 Matérias

 Ser Vegetariano

 Proteção Animal

 Escreva-nos!

Criando Papagaios, Calopsitas e Agapornis.
                                                       

Como domesticar

Domesticar é basicamente seguir os mesmos passos de um papagaio. Primeiramente deve-se procurar um pássaro ainda bebê para que tudo seja mais fácil. Se não for um bebê, então a tarefa será de muita paciência, amor e algumas bicadas. O que se deve entender é que como auto-defesa (instinto de sobrevivência) ele vai achar que você é um inimigo e vai bicar para lhe afastar! 

Com muita paciência, deve-se primeiramente cortar suas asas para evitar que numa fuga desesperada ele se machuque (veja na sessão de asas e unhas deste site como cortar). Fale sempre com uma voz calma e baixa, sem nunca gritar. Se ele pular para o chão, não corra atrás dele, deixe-o andar, sentir o ambiente.

Aos poucos se aproxime e tente dar o dedo para ele subir, se ele não der, insista com muita calma, quanto mais tempo você passar com ele, mais chances terá de domesticá-lo. Suas chances serão ótimas se ele for bebê (como já dito acima). E como saber se ele é bebê? Basta olhar a foto ao lado, o bico preto é o sinal de que ele ainda é muito jovem. Mas, atenção, algumas cores como o lutino, não nasce com o bico preto! Então, vai ser mais difícil descobrir. Comprar Agapornis muito assustados não é um bom negócio para quem quer domesticar seu Agapornis. 

     

Para concluir, muito amor e paciência. Corte as asas, solte-o com freqüência com a casa fechada para evitar acidentes, cuidado com espelhos, panelas com água fervente, fios elétricos ligados na tomada e ventiladores de teto! Nunca o assuste, nunca bata nele, não grite, e se preferir utilize um poleiro para que ele suba quando você quiser (se ele não quiser subir no dedo no começo). 

[ subir ]

[ voltar ]


BIRDMANIA 1999 - 2008 - birdmania@uol.com.br